sábado, 8 de novembro de 2008

Amigas

Dizem que os amigo(a)s são a família que escolhemos. E eu não podia concordar mais.
Então, pensando bem nisto (ou melhor, nem é preciso pensar muito), eu escolhi uma família mesmo como queria, mesmo à minha medida. Não é perfeita e ainda bem, porque se fosse eu não lhe achava tanta piada, não me ria nem chorava tanto com ela e de certeza que não tinha tantas histórias pra ouvir como tenho.
São daquelas AMIGAS com todas as letras grandes... porque sei que, seja o momento que for, elas estão lá pra mim (porque a distância não ajuda e estarem cá é complicado)... porque não dizem "sim" a tudo e têm sempre opinião... porque são únicas e eu tenho um bocadinho de cada uma delas em mim...

Não troco as minhas Amigas por nada.
Não há melhor do que os momentos em que discutimos os livros, as novelas, as séries, as músicas, em que falamos de tudo de valor e do que é fútil... em que falamos tão mal umas das outras que ficamos todas com "armaduras de ferro" contra todos os que falam mal de nós. ("Vamos falar mal de alguém senão isto não anda prá frente!" Ah pois que isto toca a todos! =P)
Não troco as minhas Amigas por nada.
Porque me dão na cabeça quando tem de ser até que eu ganhe juízo (pelo menos algum, porque todo ainda vai demorar algum tempo.. Hei.de chegar lá! =P)... porque me apoiam em tudo e sei que posso sempre contar com elas.. porque se preocupam, porque querem saber... porque ligam "só pra saber como 'tás"...
Por isso, passem os anos que passarem, apareçam as pessoas que aparecerem, aconteça o que acontecer, eu sei que a nossa amizade resiste a tudo.
"Nós" ficamos pra sempre, porque "nós" não temos prazo de validade. E é por isso que eu simplesmente sei que, apesar da distância que nos separa e do filme que é pra estarmos todas juntas, a amizade não esmorece, não fica menos forte, não fragiliza e nós não deixamos de ser unidas... porque não interessa estar perto, interessa estar do lado de dentro, no lugar reservado no coração.
Não troco as minhas Amigas por nada.
E depois de assentarmos e termos filhos (elas, eu não! Credo! =P), vamos continuar a falar de tudo o que vivemos, de tudo o que partilhámos, das vezes que rimos e chorámos juntas... No meio das nossas imperfeições, dos nossos defeitos, ninguém é melhor do que nós, ninguém dá tanta expressão à amizade como nós e vamos continuar pela vida fora a fazer as histórias que são e serão sempre tão nossas.
Por tudo isto e muito mais que não se diz nas palavras, mas que se expressa nos olhares, nos abraços, nos sorrisos e nas lágrimas... eu não troco as minhas Amigas por nada.

Adoro-vos senhoras. Pra sempre. =)

4 comentários:

Rita disse...

LINDO :) adorei... nós somos fantásticas! :)

The girl in the bubble disse...

:D na sáude e na doença, na riqueza e na pobreza..até k a morte nos separe! ly*

precious disse...

ai achei lindo ! ate ia ter a ousadia de dizer q tenho uma amizade igualzinha a essa c as minhas amigas mas dps cada uma de nos ia dizer 'ah nao nao, a minha é melhor' lol

o q importa é q eu tb n trocava as minhas amigas por nada :D


ah e eu tb ja vi tudinhoooo e tou louca a espera do proximo episodio :/ e tb é o meu toque :p *

S.A. disse...

Ta lindo, somos mesmo nós!!!

pois...mas voces querem que eu seque é???

Alguem me disse um dia: O caminho faz-se indo e caminhando (ou parecido, nunca acerto...)
o nosso faz-se do amor que se vai refletir nos nossos passos pla vida fora ... tou a ver-me de mantinha numa cadeira de baloiço a tricotar pos meus netos (adoptados) e a contar as nossas historias.
O tu! da forma que andas, nao tarda já queres ter criancinhas =P