quarta-feira, 15 de julho de 2009

O meu computador esteve quase a ir desta para melhor e por isso andei meio ausente. Eu bem que fiz uma forte oração para que ele fosse desta para melhor, já que era da maneira que vinha um novo. Também tentei os olhos de S.Bernardo, mas isso ainda é work in progress, já que os efeitos ainda não se vêem. Cá em casa acharam por bem mandar o trambolho para arranjar pela 56ª vez consecutiva apesar de eu ainda não ter percebido porquê, já que aquilo é do tempo do arroz de 15. Claro que daqui a uns dias enceno uma morte misteriosa e arruma-se o assunto. Para afogar todo um rol de mágoas, mandei-me para as compras. Uma chatice pegada, eu sei, mas alguém tinha de ir. Estou tão pobre, mas tão pobre, mas tão pobre, que só me sinto pobre. Não fosse o vestido novo e os sapatos novos e tudo e tudo, era uma pobre infeliz. Assim sou só pobre com pinta. Podia ser pior. De salientar que estou de férias, com marcas nas pernas de calções (tipo trolha, só que nas pernas) e que daqui a nada mando-me para a praia para ficar de papo para o ar o dia todo. Agora só me falta arranjar um emprego.

9 comentários:

S.A. disse...

é que me dás gomitos!

Femme Fatale disse...

Boa sorte com isso linda =)

_Malinha viajante disse...

Então e estar de papo para o ar na praia o dia todo não é bom?? Agora sabe mesmo bem!!:))
bjs

Ninja! disse...

Então boa sorte para arranjar um! Estamos todos no mesmo barco...

LittleBunny disse...

E de papo para o ar é k s está bem!=D

Rosie Dunne disse...

boa sorte nisso :)

Bloguótico disse...

LOOOOL...

... A mim parece-me que o trambolho serviu de desculpa para ires às compras... Aliás, segundo a minha linha de raciocínio, esta deve ter sido a 56º vez que fizeste umas compras, à pala do trambolho do tempo do arroz de 15! :D

Rita disse...

Tão, mas se arranjares um emprego não podes ir para a praia de papo para o ar, e não tens tempo de ir para as compras (apesar de ganhares dinheiro para gastares aí) =P

pieces of me (Luna) disse...

sao dois empregos pf!

que isto de ser pobre nao dá com nada...mas, em contrapartida, ja somos duas pobres com pinta...