terça-feira, 23 de dezembro de 2008

Porque hoje é dia 23.. (III)

"Quando se ama alguém, tem.se sempre tempo para essa pessoa. E se ela não vem ter connosco, nós esperamos. O verbo esperar torna.se tão imperativo como o verbo respirar. E aprendemos a respirar na espera, a viver nela, afeiçoando.nos a um sonho como se fosse verdade. A vida transforma.se numa estação de comboios e o vento anuncia.nos a chegada antes do alcance do olhar. O amor na espera ensina.nos a ver o futuro, a desejá.lo, a organizar tudo para que ele seja possível. E se calhar é por tudo isso que já aprendi a esperar, confiando à vida tudo o que não sei, ou não posso escolher. É mais fácil esperar do que desistir. É mais fácil desejar do que esquecer. É mais fácil sonhar do que perder. E para quem vive a sonhar, é muito mais fácil viver."

(Margarida Rebelo Pinto, in "Diário da tua Ausência")

6 comentários:

saves disse...

Gostei. É tão verdade. :)

Alguém disse...

Belo texto! Gostei bastante e tenho que concordar... Boa selecção :-)

beijinho e Bom Natal!

tfferreira disse...

Gosto deste excerto :)
E quero tanto ler "O Português Suave"!


Bom Natal :)

Beijinhos

Salto-Alto disse...

Não conhecia. É um texto LINDO! Adorei!

L!NGU@$ disse...

:) Gostei!

Eu mesma! disse...

Adorei o teu post...
e concordo inteiramente com a sequência..

É mais fácil esperar do que desistir. É mais fácil desejar do que esquecer. É mais fácil sonhar do que perder. E para quem vive a sonhar, é muito mais fácil viver."

Obrigado por me fazeres sorrir!